A Loira do Shopping

    Sempre ao passar pelo Shopping minha atenção se voltava para uma loira maravilhosa que sempre estava em uma das lojas, provavelmente era a proprietária. Passei quase que diariamente por ela sem que tivesse sido notado, mas nos últimos dias ela começou a me notar, o porque, até hoje não sei, afinal de contas as mulheres tem esses segredos que jamais vamos descobrir. Semana passada encontrei ela pela manhã atravessando a rua com uma calça justa, feita para malhar, e nossa, nesse dia passei pensando naquela cena até a hora de dormir, a mulher era uma delicia. Só faltava conferir se era comprometida, mas como conhecer , ou saber, essa informação sem parecer invasivo, mesmo que a intenção fosse justamente essa...
   Um dia surgiu a oportunidade que eu precisava, um conhecido estava na loja conversando com a tal moça, cumprimentei ele e já fui cumprimentando ela que gentilmente retribuiu.
   No dia seguinte a moça ao me ver passar em frente à sua loja, abriu um belo sorriso e me abanou, e assim foi durante a semana , sempre naquela correria não podia parar, até que na sexta-feira, ao passar pela loja, entrei, dei os tradicionais três beijinhos(é bom esse nosso Rio grande), e fiquei conversando.
   Como velhos amigos, entramos em assuntos mais profundos e inevitavelmente assuntos pessoais, e foi então que perguntei se era casada, e ela com uma tristeza no olhar respondeu que era separada há mais de cinco anos e desde então não tinha aparecido ninguem interessante. Foi a 'deixa" que eu precisava, pois aí perguntei se eu poderia tentar uma vaga naquele coraçãozinho, ela sorriu e ficou um pouco ruborizada, mas confirmou que adoraria que fosse eu eleito para essa "vaga". Dei um beijo em seu rosto e sá, não sem antes deixar meu telefone para que ela ligasse quando terminasse o expediente. Nunca fiquei tão ansioso por um telefonema, mas ele jamais veio....a loja fechou, e nunca mais ví aquela delicia de mulher.

Comentários