Cartas para Julieta

                    Era uma bela tarde fria e lá estava eu com o último dia da semana livre. Então liguei a TV e me chamou a atenção um filme que começava na Sessão da tarde(coisa boa ver um filme nesse horário), o filme era "Cartas para Julieta"e na história protagonizada pela bela Amanda Seyfried(Meninas Malvadas e A garota da Capa Vermelha), a mocinha ficava curiosa com uma mulher que recolhia mensagens deixadas em um muro e à seguia. Ao chegar no local em que a moça trabalhava ela se surpreendeu com o serviço realizado. As senhoras, quatro no total , respondiam as cartas deixadas por "Julietas". A Mocinha então resolve começar à ajudar.
Amanda Seyfried
Muro onde as mensagens são deixadas.
         Foi nesse momento que a curiosidade falou mais alto e me ajeitei no sofá para prestar atenção no filme, depois acabei descobrindo que o local existe e que realmente mensagens são deixadas.

Monumento à Julieta

Casa de Julieta
          A história seguiu até a moça encontrar uma carta deixada há 50 anos atrás, e foi então que a mocinha, uma jornalista em formação resolveu responder para aquela senhora, sem saber o que tinha acontecido com ela e com seu "Romeu".É então que a senhora aparece e ao surgir na tela fico com a sensaçào de que aquele rosto é familiar, depois consultando a internet descubro que se trata de Vanessa Redgrave(Robin Hood, Camelot e Ricardo III).Ainda uma bela senhora, mas na história conta que se casou com outro e que a tal carta foi deixada para um amor de adolescência.É entào que a mocinha resolve tentar encontrar o "Romeu"e com a ajuda do neto da senhora, percorrem belos lugares da Itália e depois de mais de dez pessoas procuradas, chegam por casualidade à uma vinicula e a senhora vê um jovem que se parece muito com seu "Romeu"e quando pergunta seu nome ele confirma que é o mesmo de seu pai e de seu avô, é quando surge o outro personagem, um rosto tambem muito conhecido do cinema italiano, Franco Nero(Django e Comando 10 de Navarone).


E assim se casam e vivem felizes para sempre. Um belo roteiro inspirado em uma história real, numa tarde fria de junho, quase perfeita.

Comentários