Lá Estava Ela, Minha Musa

   E mais uma vez lá estava ela. Linda exuberante em uma calça justa colada ao corpo bem moldado. Quando começei a observá-la, num primeiro momento não percebi que era ela, minha musa. Vinha eu caminhando com passos curtos atrás daquele monumento sem perceber que era ela.Aquelas pernas bem torneadas, aquela bunda maravilhosa que merecia umas mordidas, não era a sereia da foto que foi salva pelo cavaleiro, mas era minha musa e dai? as musa é minha, passou por mim e nem me viu, mas é minha, e como dizia o poeta o que fica no nosso imaginário é para sempre, então ela é minha. Só teve um pequeno detalhe em sua mão esquerda me deixou um pouco triste, mas nada impede que ela continue sendo a minha musa.

Comentários