Chora Coração

  Hoje pela manhã o Brasil recebeu a noticia da morte do cantor Wando, uma figura que estava ao lado de nomes como Sidney Magal e Gretchen,nomes que nunca sairam da midia e que eram(e são) considerados "bregas". Nunca fui fã de Wando, mas gostava de ouvir algumas de suas músicas, uma delas, a primeira que escutei chegou a mim numa fita K7 que meu pai trouxe para casa, alguem havia esquecido em um dos carros que vendia. A música era "Moça".

Moça

Wando

Moça me espere amanhã levo o meu coração pronto pra te entregar
Moça, moça eu te prometo eu me viro do avesso, só pra te abraçar
Moça eu sei que já não é pura, teu passado é tão forte pode até machucar
Moça, dobre as mangas do tempo jogue o teu sentimento todo em minhas mãos
Eu quero me enrolar nos teus cabelos
abraçar teu corpo inteiro, morrer de amor, de amor me perder


Com o passar dos anos, fui descobrindo outras verdadeiras "obras primas"do autor. Músicas como "Fogo e Paixão"ou "Chora Coração"agora serão eternizadas. Tive a oportunidade de conhecer Wando numa apresentação em formato "Pocket Show", promovida pela Rádio da Ulbra, nem me lembro o ano, e ali vi todo o carisma que o cantor possuia. A pergunta que fica é, quem vai ficar com a coleção de calcinhas que o cantor tinha? brincadeiras à parte se vai uma estrela, amada e odiada, mas que uniu muitos casais e ajudou muito em muitas dores de cotovelo. Fica a lembrança do romantismo em uma letra de Juca Chaves, um dos sucessos que Wando gravou:

A Cumplice

Wando

Eu quero uma mulher
Que seja diferente
De todas que eu já tive,
De todas tão iguais
Que seja minha amiga,
Amante, confidente
A cúmplice de tudo
Que eu fizer a mais.
No corpo tenha o sol
No coração a lua
A pele cor de sonho
As formas de maçãs
A fina transparência
Uma elegância nua
O mágico fascínio
O cheiro das manhãs.
Eu quero uma mulher
De coloridos modos
Que morda os lábios sempre
Que for me abraçar
No seu falar provoque
O silenciar de todos
E seu silêncio obrigue
A me fazer sonhar
Que saiba receber
Que saiba ser bem-vinda
Que possa dar jeitinho
A tudo que fizer
Que ao sorrir provoque
Uma covinha linda
De dia, uma menina
A noite, uma mulher.

Comentários