Laranja mecânica

Poucas vezes temos a oportunidade de rever um filme de que não gostamos anteriormente, as vezes porque temos outros para assistir, e as vezes porque se não gostamos dificilmente vamos mudar a opinião, mas tive uma reação diferente nesse final de semana quando tive a oportunidade de rever laranja mecâniva de Stanley kubrick, um clássico. O jovem Alex é curado de sua violência excessiva e passa a sofrer por não ter mais condições de se defender. Ao som de músicas de Bethoven o filme se mostra bastante curioso e bem elaborado, não sei se eu amadureci, mas dessa vez achei um bom filme.

Comentários